Polícia

Em menos de 48 horas, três corpos foram encontrados em diferentes pontos de Gandu

Três mortes, ainda com motivações e autorias desconhecidas, foram registradas em menos de 48h, em diferentes pontos de Gandu nesta semana. Às três vítimas, todas identificadas, são do sexo masculino e duas delas com menos de 30 anos de idade.

O primeiro corpo foi encontrado na manhã da última segunda-feira, (12), em um terreno baldio, no bairro João Batista de Assis. Amós Brito dos Santos, de 26 anos, era de Itamari e apresentava marcas de golpes de arma branca no corpo, além de ter um dos pés decepados. À morte dele ainda segue sem explicações.

Já nessa terça-feira, (13), por volta das 10h30 da manhã, foi encontrado o corpo de um outro homem em uma represa desativada no povoado de “Água Preta”, zona rural de Gandu. Segundo informações, o corpo seria de um homem de 60 anos, conhecido como Jorge. O corpo dele foi removido do local por volta das 15h.

O terceiro corpo foi encontrado na manhã desta quarta-feira, (14), em uma estrada vicinal que liga Gandu, ao povoado rural de Água Preta. Weslei dos Santos Andrade, de 20 anos, apresentava ferimentos provocados por arma de fogo na região da cabeça e estava caído entre à vegetação, às margens da estrada. Os três casos seguem sem pistas sobre suas motivações e autoria. Diário Paralelo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo