Esportes

Discussão por cotas pode causar conflitos na criação da Liga do Brasil

Até o momento tomada pelo clima de união em prol do bem comum; a independência na condução do próprio campeonato, com uma maior autonomia e flexibilidade, a criação nova Liga de Clubes do Brasil a partir de 2025 não chegou a um denominador comum em um dos quesitos mais importantes para sua formação: a divisão de cotas.

Formado por clubes de todas as regiões do país, esse fator poderá ser motivo de conflitos dentro das discussões entre dirigentes da entidade em construção. Uma vez que equipes, como Flamengo e Corinthians, possuem benefícios em quadros, como a arrecadação em pacotes de pay per view, em um breve comparativo com times nordestinos, como Ceará e Bahia, presidido por Guilherme Bellintani, um dos lideres do movimento.  

Em desgaste após os recentes escândalos envolvendo seus últimos mandatários, Rogério Cabloco e Marco Polo Del Nero, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) estuda fatores como a divisão igualitária das cotas, como alterativa contra a formação da nova federação.

Galaticosonline

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo