Notícias

Dilma inaugura obra suspeita de irregularidades no Maranhão

A presidente Dilma Rousseff inaugura nesta segunda-feira (3), no Maranhão, uma obra portuária do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), marcada pelo atraso e suspeita de irregularidades apontadas pelo Tribunal de Contas da União (TCU). A cerimônia de inauguração do berço 100, alargamento do cais sul e ampliação do Porto de Itaqui, em São Luís, acontecerá pela manhã. Segundo o Estadão, o contrato para a dragagem do berço 100 foi suspenso devido a inconsistências do projeto – a expectativa inicial era de que o empreendimento fosse finalizado até dezembro de 2009. Em agosto de 2008, o TCU afirmou em relatório que “a construção do berço 100 depende da realização da dragagem (…), cuja execução ainda não se iniciou” e “encontra-se suspensa até a realização e conclusão dos estudos”. A auditoria ainda apontou indícios de irregularidades, com sobrepreços da ordem de R$ 28,1 milhões na planilha orçamentária de um contrato de R$ 112,7 milhões firmado com a Serveng Civilsan. De acordo com o tribunal, houve “indícios de direcionamento e conluio no âmbito da concorrência”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo