Notícias

Devido a condição rara, mulher engravida após sexo anal

GRAVIDA - BARRIGAUma condição rara fez com que uma mulher engravidasse durante o sexo anal. O urologista Brian Steixner contou ao New York Post que presenciou um caso assim enquanto ainda era um estudante de medicina. A mulher nasceu com uma má-formação, que acontece em um a cada 25 mil nascimentos de meninas. Ela não possuía ânus, vagina e uretra, mas apenas um orifício, que pode ser chamado de cloaca. A condição foi diagnosticada e corrigida logo após o nascimento. No entanto, os médicos realizaram a operação de forma errada, deixando-a com uma vagina sem nenhuma ligação interna e um ânus que continuava funcionando como cloaca. “Isso explodiu minha mente”, disse Steixner ao lembrar que a mulher mencionou, durante uma consulta, que fez sexo anal antes de engravidar. Alguns meses depois, ela teve o bebê pelo ânus. “Construir as paredes para separar as três passagens [uretra, vagina e reto] é um trabalho delicado”, defendeu o urologista.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo