BrasilCidadesGeral

Depoimento de Bolsonaro no Supremo deve ser pessoalmente

Tudo indica que o depoimento do presidente Jair Bolsonaro, no âmbito das investigações que apuram possíveis interferências do chefe do Executivo na Polícia Federal, deve acontecer pessoalmente. A decisão esta nas mãos do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Celso de Mello.

As acusações contra Bolsonaro foram levantadas pelo ex-ministro da Justiça e Segurança Pública Sérgio Moro.

Na última sexta-feira (19), a delegada da Polícia Federal Christiane Correa Machado encaminhou um ofício ao STF, pedindo que o decano determine o depoimento presidente. No documento, a delegada afirma que “as investigações se encontram em estágio avançado, razão pela qual nos próximos dias torna-se necessária a oitiva” de Bolsonaro. 

O inquérito Moro X Bolsonaro pode levar à apresentação de uma denúncia contra o presidente da República e até mesmo ao seu afastamento, caso o Congresso dê aval ao prosseguimento de uma eventual acusação.

Bnews

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo