Cotidiano

Combate ao Aedes Aegypti é mais eficaz que vacina contra dengue

VACINAA vacina contra a dengue mal acabou de ser aprovada (e ainda tem que passar por testes) e já está sendo criticada. De acordo com reportagem da Folha de S. Paulo, ela não será de grande ajuda no controle da doença.

A taxa de eficácia é uma das ressalvas, já que está na casa dos 66%, porcentagem considerada “baixa” pela Anvisa. Valor que pode baixar para os 50% no caso dos sorotipos 1 e 2 da dengue e chegar aos 43% nas pessoas que nunca apresentaram a doença. Além disso, a adesão pode não ser tão alta quando a desejada, pois são necessárias três doses com um espaço de seis meses entre elas. Outro ponto contra é o fato de que ela não fará nada contra outras doenças transmitidas pelo Aedes Aegypti, como a zika e chikungunya.

No entanto, Lucia Bricks, diretora médica da Sanofi Pasteur, fabricante da vacina, disse ao jornal que “é o que temos neste momento”. A vacina agora segue para testes no Instituto Butantã, em São Paulo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo