Cotidiano

Com Lula e Wagner, candidatura de ACM Neto ‘não vira nem a esquina’, diz petista

Um petista histórico, que prefere manter anonimato, está empolgado com a possibilidade de uma nova dobradinha na eleição de 2022 com Lula candidato a presidente e Jaques Wagner disputando o governo do estado. “Tudo mudou depois da decisão de Fachin que anulou as sentenças de Lula na Lava Jato. Acho que Lula renasceu”, salienta.

O político diz ainda que se o nome de Wagner “já era forte” com o apoio e participação de Lula fica “praticamente imbatível”. “Eu sou muito racional, por isso tenho a consciência que se houver essa dobradinha de novo, essa dobradinha Lula e Wagner, a candidatura de ACM Neto ao governo não vira nem a esquina, não vai para lugar nenhum. Temos que ter cautela, mas sabemos que se isso acontecer, nós já saímos com uma vantagem grande”, analisa o petista.

“O discurso que Lula fez no ABC não foi só de candidato, foi de um estadista, um homem que conhece seu país. Veja que após as palavras de Lula, Bolsonaro logo mudou de postura, logo disse que era o pai da vacina e apareceu de máscara, coisa que raramente fazia. É o efeito Lula”, completou.

Já o senador Jaques Wagner, que admitiu ser candidato ao Palácio de Ondina em 2022, afirmou recentemente que o ex-presidente “parece mais focado em ser absolvido na Justiça Federal do Distrito Federal, do que em ser candidato”.

Bahia.ba

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo