Cotidiano

Cientistas descobrem o que já sabemos: perder peso está mais difícil

BALANCA - PERDER PESOPerder peso é difícil e está ficando ainda mais, de acordo com um estudo da Universidade York, publicado recentemente no jornal Obesity Research & Clinical Practice. A pesquisa observou a rotina de dieta e exercícios de milhares de americanos nas passadas quatro décadas e descobriu que, mesmo quando um adulto teve a mesma dieta e mesmo nível de atividade em 2006 que um adulto em 1998, o IMC do primeiro era maior do que o do segundo.

De acordo com o The Independent, em outras palavras “os resultados do nosso estudo sugerem que se você tem 25 anos você terá que comer menos e se exercitar mais do que os antigos, para não engordar”, diz Jennifer Kuk, uma professora de cinesiologia e ciência da saúde em Yor, e co-autora do estudo. “Ultimamente, manter um peso saudável é mais desafiador do que nunca”, completa.

Para se ter uma ideia, comparados a pessoas como os mesmo hábitos alimentarem em 1971 e 2008, o segundo grupo era cerca de 10% mais pesado. Já olhando para o registro de exercícios, disponível apenas entre 1988 e 2006, os que nasceram depois eram aproximadamente 5% mais pesados mesmo que se exercitassem mais do que as pessoas do primeiro grupo.

O estudo sugere que fatores ambientais, tanto externos quanto internos do corpo, fazem bastante diferença. A professora acredita que o mundo no qual vivemos torna mais difícil de administrar o peso do que nas gerações anteriores. “Os hábitos e estilos de vida do mundo de hoje certamente tem algo a ver com isso”, adiciona Kuk, afirmando que o peso não está inteiramente em nosso controle.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo