Bahia

Camamu: Apenas uma candidatura à Prefeitura é deferida pela Justiça Eleitoral

Das quatro candidaturas à Prefeitura de Camamu, apenas uma foi deferida pela Justiça Eleitoral: a de Francisco Vasconcelos, do PMDB. As outras quatro candidaturas foram impugnadas neste domingo (05) pelo juiz da 78ª Zona Eleitoral, João Paulo Guimarães Neto. A ex-prefeita do município, Ioná Queiroz (PT) não pode tentar a renovação do mandato porque foi cassada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Já Américo José da Silva (PSD), que ficou em segundo lugar nas eleições de 2008 e ocupou a Prefeitura após a cassação de Queiroz, não teve o registro da sua candidatura deferido porque teve as contas barradas pelo Tribunal de Contas da União (TCU). A candidatura de Idalina Rocha de Miranda (DEM) foi impugnada porque a democrata não apresentou as contas eleitorais de 2008, quando também disputou a eleição municipal. O candidato José Raimundo Assunção Santos (PP) teve seu registro impugnado pela falta de quitação eleitoral e por ter suas contas rejeitadas durante os exercícios de 2000 e 2001, quando administrou o município. Ainda cabe recurso da decisão nos quatro casos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo