EducaçãoPolítica

Bruno diz que vai manter aulas 100% presenciais: ‘não vou perder para o tráfico

Questionado durante coletiva de imprensa sobre a decisão do governador Rui Costa (PT) de adiar o retorno das atividades escolares 100% presenciais no estado, o prefeito de Salvador, Bruno Reis (DEM), alfinetou o gestor estadual, trazendo para o contexto da discussão um dos temas mais caros ao debate público atualmente: a segurança pública. “Eu não vou perder a guerra contra o tráfico e contra as drogas e só com as escolas eu posso evitar que esses jovens de hoje não sejam os marginais de amanhã”, disparou Reis.

O gestor municipal também foi enfático ao afirmar que, na prática, a queda dos  índices da Covid-19 desde maio, quando a gestão municipal determinou o retorno às escolas, só comprovaram a inexistência de impacto negativo do movimento dos estudantes no que tange à pandemia.  Em coletiva na tarde desta quinta-feira (30), ele prometeu que, caso seja renovada a necessidade de isolamento social, as atividades escolares presenciais não serão mais interrompidas na capital.  

“Nós estamos com índice muito baixos de presença dos alunos. Infelizmente os pais perderam o hábito de levar seus filhos à escola. Não há o que se falar. Desde maio foi liberado a educação e vamos desmistificar isso de uma vez por todas. Os adolescentes têm uma imunidade maior e a volta às aulas não impactou em nada nos números. De maio para cá os números só fizeram cair. Então, de uma vez por todas, está esclarecido que a educação não influencia na Covid”, ponderou. 

E disse ainda: “Se no futuro tiver que adotar novamente isolamento social, eu vou fechar bar, restaurante, vou fechar shopping, praia, mas não fecho mais escola. Eu não vou perder a guerra contra o tráfico e contra as drogas e só com as escolas eu posso evitar que esses jovens de hoje não sejam os marginais de amanhã. Não há ambiente mais seguro e só através da educação a gente vai possibilitar que esses jovens são sejam reféns do crime em nossa cidade”, disse Bruno.  Bahia Notícias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo