Cotidiano

Barral pretende encerrar ano letivo de 2020 ‘no máximo em janeiro de 2021’

Ainda impossibilitado de fazer uma previsão sobre o retorno das aulas na rede municipal de ensino devido à pandemia do coronavírus, o secretário de Educação de Salvador, Bruno Barral, planeja terminar o ano letivo de 2020 no máximo em janeiro de 2021.

Nesta terça-feira (9), Barral disse que a Prefeitura de Salvador está elaborando uma série de protocolos para o retorno das aulas, não só nas escolas municipais, mas também nas faculdades particulares da cidade.

A princípio, a secretaria pretende adotar um esquema de rodízio de alunos no retorno das aulas. “Pretendemos adotar esse esquema, começando por alunos da alfabetização e deixando por último os alunos da educação infantil. Estamos elaborando esses protocolos com todo cuidado. Devemos juntar o ano letivo de 2020 com o de 2021 para agilizarmos o que for possível. A gente estuda e isso não é uma certeza, terminar o ano letivo de 2020, no máximo, em janeiro de 2021”, explicou.

“Não temos como trabalhar com previsão de retorno ainda, tudo depende de como o número de casos vai se comportar. Pode ser em julho ou mais adiante. O mais importante é preservar as vidas”, completou.

Bahia.ba

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo