GeralSlide

Bancada evangélica evita apoiar Feliciano publicamente

FELICIANO 3Um terço da bancada evangélica apoia a permanência do pastor Marco Feliciano à frente da Comissão de Direitos Humanos da Câmara Federal. No entanto, reportagem da Folha revela que apenas seis dos 44 parlamentares afirmam publicamente que são representados por Feliciano e reiteram suas posições. A publicação consultou quase todos os membros da bancada evangélica listada pelo Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap), órgão de interlocução entre Congresso e entidades sindicais. Somente oito deputados não foram localizados. Três perguntas foram feitas aos parlamentares: Marco Feliciano deve renunciar à presidência da comissão? O deputado representa a bancada evangélica? Há preconceito contra ele? A maior parte dos deputados se omitiu: 22 não responderam. Entre os que responderam, 16 declararam que não se sentem representados pelo presidente da comissão nem concordam com suas ideias. Outros seis afirmaram que o colega é a voz da bancada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo