Notícias

Ativistas do Femem mostram seios e são presas durante desfile em Brasília

Duas mulheres foram presas nesta sexta-feira (7) na Esplanada dos Ministérios, região central de Brasília, após mostrarem os seios durante o desfile de comemoração do 7 de Setembro. De acordo com a Polícia Militar esta foi a única ocorrência policial registrada no desfile, que reuniu entre 35 mil e 40 mil pessoas.  Uma das detidas é a ativista Sara Winter, primeira brasileira a integrar o grupo feminista ucraniano Femem, conhecido mundialmente pelos protestos com seios a mostra. De acordo com a polícia, as ativistas foram presas por ato obsceno e desobediência, pois resistiram à prisão. Elas foram encaminhadas à Delegacia de Repressão a Pequenas Infrações, na região central de Brasília, onde serão ouvidas.  A manifestação aconteceu perto do palanque onde a presidente Dilma Rousseff assistia ao desfile militar. A integrante do Femem pulou a grade de proteção e entrou na via do Eixo Monumental onde acontecia o desfile. O Femem foi criado em 2008 e tem integrantes no Brasil. O grupo ficou famoso mundialmente a partir de 2009, quando suas integrantes perceberam que apenas os protestos estudantis que faziam não eram suficientes e começaram a tirar a blusa para chamar atenção contra o turismo sexual, sexismo e patriarcado. No início dos protestos, as manifestantes pintavam os seios, o que não acontece mais. Esta foi a primeira manifestação do grupo no Distrito Federal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo