Sem categoria

Assembleia dos professores estaduais decide pela continuidade da greve

Os professores estaduais decidiram em assembleia manter a greve, que já dura 77 dias, pela falta de negociação imposta pelo governo do estado. Além disso, a proposta feita pelos professores (o reajuste de 22,22% ao longo do ano de 2012, a revogação da lei 12.578, que transformou os salários em subsídios e o pagamento dos salários cortados) não foi aceita e também não houve uma contraproposta.

Segundo Rui Oliveira, coordenador da APL Sindicato, o governador não quer acordo e fala apenas para a televisão. “Com a categoria ele só falou antes da greve”, disse. Um tema discutido pela categoria durante os discurssos foi sobre a chamada de docentes em estágio probatório e pelo Reda. Segundo Marilene Betros, coordenador do sindicato, os professores se dizem temerosos. “Os professores se sentiram coagidos e assediados moralmente. Mas temos como interceder judicialmente”, afirmou. Durante a assembleia, o helicóptero utilizado pelo governador Jaques Wagner começou a sobrevoar o estacionamento da Assembleia Legislativa e os professores vaiaram.  (Metro1)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo