Entretenimento

Apresentador que xingou Ludmilla quer receber R$ 10 milhões da Record

A polêmica com o ex-apresentador do “Balanço Geral” do Distrito Federal, Marcos Paulo Ribeiro de Morais, conhecido como Marcão do Povo, não acabou. Marcão resolveu notificar extra-judicialmente a emissora. Isso porque ele quer que seu contrato de três anos seja cumprido, conforme assinado. Nesse caso, ele ficaria no ar até 2019.

O apresentador foi demitido por justa causa após chamar a funkeira Ludmilla de ‘macaca’ ao vivo, em seu programa.

O assunto repercutiu largamente e, dias depois do ocorrido, a Record emitiu nota de repúdio pela atitude, afirmando que Marcão não fazia mais parte da emissora.

Os advogados de Marcão, entretanto, dizem que o contrato não poderia ser rompido e irão brigar na justiça por isso. Ele, inclusive, não assinou a demissão.

Na briga, o apresentador cogita que a multa pode chegar a R$ 10 milhões, segundo informações do colunista Ricardo Feltrim.

O colunista diz ainda que a Record foi procurada, mas não comentou o assunto.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo