Esportes

Após invasão de Carol Portaluppi, Grêmio perde mando de campo da final

renato-gaucho-e-carol-portaluppi-2Nesta quarta-feira (16), o Grêmio recebeu a punição pelo ingresso no gramado antes do apito final da filha do técnico Renato Portaluppi, Carol Portaluppi.

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) decretou que o clube gaúcho perderá o mando de campo do segundo jogo da final da Copa do Brasil, marcado para o dia 30 deste mês, 21h45min, contra o Atlético-MG.

Segundo o Correio do Povo, o Tricolor recebeu ainda uma multa de R$ 30 mil. De acordo com a reportagem da Rádio Guaíba, o presidente do Grêmio Romildo Bolzan demonstrou bastante irritação com o fato e não quis comentar a punição.

A denúncia foi baseada na súmula do árbitro Thiago Duarte Peixoto: “Informo que ao final da partida, constatei a presença da Sra Carol Portaluppi dentro do campo de jogo.

Cabe salientar que, após o término do jogo, fui informado pelo inspetor da partida, Sr Nilson de Souza Monção e pelo quarto árbitro, Sr Francisco Silva Neto que a referida adentrou as imediações do campo de jogo a poucos segundos do término da partida, chamada pelo seu pai, Sr Renato Portaluppi, técnico da equipe do Grêmio, sentando no banco de reservas. Não havendo tempo hábil para retirá-la pois a partida se encerrou, a mesma adentrou o campo de jogo”, escreveu o profissional.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo