Esportes

Após casos de doping, UFC promete novos investimentos em exames

ufc - diretoriaO diretor-geral do UFC, Lorenzo Fertitta, anunciou nesta quarta-feira (18), em entrevista coletiva, que os recentes casos de doping envolvendo grandes nomes do esporte, como Jon Jones e Anderson Silva, serão úteis para uma grande modificação na rotina de exames dos atletas que participarão de eventos a partir deste ano. Segundo o dirigente, os lutadores serão submetidos a exames dentro do período do combate, entre 12 e 14 semanas antes, além de coletas surpresas. A intenção do UFC, ao adotar esta medida, é diminuir os casos de doping que, nos últimos dois anos, flagrou 12 atletas com uso de substâncias que influenciem diretamente no desempenho em cima do octógono. “Algo precisa ser feito para melhorar. Estamos elaborando o plano de ações do UFC que, se necessário for, vamos investir outros milhões de dólares. E acreditamos que isso, juntamente com suspensões mais longas, poderemos afastar as drogas do UFC”, declarou. Nos últimos dois anos, segundo o direto-geral, o UFC investiu cercade de R$ 1,2 milhões para realização de 1.800 exames.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo