Entretenimento

Aos 81 anos, Serguei esbanja saúde e revela vício em sexo: 'Sou louco, desvairado e sacana'

SERGUEISexo está longe de ser tabu para Serguei. Quem conhece o roqueiro, de 81 anos, sabe que ele adora falar sobre o assunto e não tem qualquer pudor quanto a isso. Em entrevista ao Ego, o músico, que esbanja boa saúde, comentou sobre sua vida sexual. “Não tenho doença no coração, nem problema de glicose e muito menos pressão alta. Não tenho do que me queixar, continuo o mesmo menino danadinho de sempre. E gosto muito de sexo. Transar e cantar rock são as coisas que mais me dão prazer. Sinto uma juventude dentro de mim muito louca e forte”, disse. O artista, que chegou a se definir como pansexual, hoje foge dos rótulos, mas revelou sua preferência por homens. “Sou louco, desvairado e sacana. A mulher é mais delicada. Eu gosto de pegada, coisa forte, Nunca deixei comigo esse sexo de introdução. O cara vem me abraçar por trás e digo que não. Abraça na frente é mais gostoso”, sugere. A idade para Serguei também não é um problema. “Acho esse lance de idade a coisa mais ridícula do mundo. Não existe idade, ela vem da alma, do momento. Não me venha com esses papos de terceira idade, melhor idade. Nunca iria a um baile da terceira idade, por exemplo. Ou melhor, iria sim. Para colocar fogo”, provocou. O roqueiro ainda contou uma situação inusitada pela qual passou e fez questão de afirmar que não tem medo de viver nada. “Fiz um show em Brasília há pouco tempo e tinha um cara eufórico na plateia. Depois da apresentação, eu o recebi no camarim e ele me disse que estava a fim de me dar um beijo na boca. Perguntei se tinha escovado os dentes, né? Como tinha, rolou. E, depois dele, outras 19 pessoas vieram. Homens e mulheres”, relembrou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo