Saúde

Aids: número de mortes no mundo cai

O número de mortes provocadas pelo vírus da Aids no mundo caiu pelo quinto ano consecutivo em 2011, estabelecendo-se em 1,7 milhão (-5,6%), anunciou nesta terça-feira o Programa Conjunto das Nações Unidas sobre o HIV/Aids (ONUAids) em seu relatório anual de 2012. Além disso, os novos contágios diminuíram, passando para 2,5 milhões, contra os 2,6 milhões de 2010, uma queda de 20% desde 2001. A quantidade de pessoas infectadas registrou, no entanto, um leve aumento, com 34 milhões de pessoas em 2011, contra 33,5 milhões em 2010, afirmou o UNAIDS. “No ano de 2011, 1,7 milhão de pessoas faleceram por causas relacionadas à Aids em todo o mundo, 24% a menos de mortes que em 2005”, indicou a ONU.

“O número de mortes relacionadas à Aids começou a cair em meados do ano 2000 (…), em 2011 esta redução prosseguiu e há indícios de que a queda do número de pessoas falecidas por causas relacionadas à Aids está se acelerando em vários países”, considerou a organização. Para ela, a extensão das tratamento com antirretrovirais em países de baixa e média renda foi muito benéfica. “Desde 1995, as terapias antirretrovirais salvaram 15 milhões de vidas por ano em países de renda média, incluindo nove milhões na África subsaariana”, considerou, indicando que oito milhões de pessoas recebiam tratamento com antirretrovirais no fim de 2011. (AFP)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo