Cidades

Advogado de Macarrão é morto a tiros em Pará de Minas

MACARRAO - PRESOO advogado que fazia a defesa de Luiz Henrique Ferreira Romão, o Macarrão, um dos principais envolvidos no desaparecimento e na morte de Eliza Samúdio, foi encontrado morto nesta quinta-feira (30), no Bairro Recanto, em Pará de Minas.

Segundo informações do G1, Arthur Wallace Barbosa Vieira, 46 anos, foi atingido por vários tiros de arma de fogo.

De acordo com a Polícia Militar, testemunhas disseram que o advogado foi encontrado encontrado caído no chão ao lado da moto que usava, na Rua José Correa Amorim.

A PM também informou que dois homens foram vistos correndo próximo ao local dos disparos, em seguida entraram em um veículo prata e fugiram.

Desde o dia três de junho Macarrão cumpre pena no regime semiaberto no Presídio Pio Canedo, no município do Centro-Oeste de MG. Até o momento, não há suspeitos do crime.

Ainda de acordo com investigações da Polícia Civil, o advogado foi até o Bairro Recanto após receber um áudio em um aplicativo de telefone solicitando que ele fosse até o local.

Leia mais

Helicóptero que caiu em SP é encontrado; não há sobreviventes

PF deflagra operação por fraude na Lei Rouanet

Noiva envenenada no dia do casamento ganha indenização de R$ 100 mil

Santo Estevão: Quadrilha especializada em ‘saidinha bancária’ é presa na BR-116

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo