Slide

ACM Neto tira 14 minutos das inserções de Pelegrino na rádio; tempo equivale a um dia de propaganda do petista

Os advogados da coligação “É hora de defender Salvador” (DEM, PSDB, PPS, PV e PTN), encabeçada pelo democrata ACM Neto, conseguiram, neste final de semana, várias decisões favoráveis contra a chapa de Nelson Pelegrino (PT). Em quatro delas, a juíza Maria de Lourdes Oliveira Araújo, da 5ª Zona, tirou o tempo equivalente a um dia de todas as inserções de Pelegrino no rádio por conta do comercial que tenta responsabilizar ACM Neto pelos problemas da gestão de João Henrique (PP). No total, o petista perdeu 14 minutos de rádio. Segundo a magistrada, a coligação de Pelegrino usou um áudio de ACM Neto em um outro contexto e passou a falsa ideia para os eleitores que ele disse “sim” para os aspectos degradantes de Salvador, e coaduna com os problemas da cidade, tal como o lixo acumulado e o trânsito caótico, com frequentes engarrafamentos. A ação tem caráter liminar. ACM Neto também conseguiu retirar da TV o comercial do PT que o acusa de ser contrário à política de cotas e a maior parte da população de Salvador. A decisão, em caráter liminar, foi proferida pelo juiz Ricardo D´Ávila, da 17ª Zona Eleitoral.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo