CotidianoSaúde

ABM realiza mutirão Asma / DPOC em parceria com a Soc. de Pneumologia da Bahia

Clínica Martini

A Associação Bahiana de Medicina (ABM), em parceria com a Sociedade de Pneumologia da Bahia, vai realizar o Mutirão com triagem e orientações para asma e Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica (DPOC), no próximo sábado (11.05), a partir das 8h, na sede da ABM, em Ondina.

Devem comparecer pessoas a partir de 15 anos e que tenham sintomas recorrentes de tosses, catarro, cansaço, falta de ar, chiado no peito, aperto no peito e infecções respiratórias frequentes, além de fumantes e ex-fumantes.

Na ação, os cidadãos vão receber orientações de controle ambiental para alérgicos, atividades físicas para pneumopatas e sobre tabagismo e asma. Quem participar também será orientado sobre a importância dos sintomas observados na respiração para o diagnóstico precoce de tuberculose.

De início será realizada uma triagem com avaliação dos pacientes e, como não serão feitos os exames no local, as médicas pneumologistas irão tratar alguns casos através de receitas e, quando necessário, encaminhar para hospitais para que seja feita a investigação através de exames. As pessoas que apresentarem maior necessidade de seguimento pneumológico serão encaminhadas para atendimento em hospitais específicos (Hospital das Clínicas e Hospital Otávio Mangabeira).

Os atendimentos serão realizados por sete médicas pneumologistas além de estudantes.

Para participar, basta comparecer à ABM no dia 10 (na próxima sexta-feira), das 8h às 12h, e levar documento de identidade com foto, para obter a senha de atendimento.

 

Atenção: a ABM distribuirá 70 senhas!

O atendimento será realizado para pessoas a partir de 15 anos.

Sobre a DPOC:

A doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC) é uma enfermidade respiratória prevenível e tratável, que se caracteriza pela presença de obstrução crônica do fluxo aéreo, que não é totalmente reversível. A obstrução do fluxo aéreo é geralmente progressiva e está associada a uma resposta inflamatória anormal dos pulmões à inalação de partículas ou gases tóxicos,causada primariamente pelo tabagismo. Embora a DPOC comprometa os pulmões, ela também produz consequências sistêmicas significativas. O processo inflamatório crônico pode produziralterações dos brônquios (bronquite crônica), bronquíolos (bronquiolite obstrutiva) e parênquima pulmonar (enfisema pulmonar). A predominância destas alterações é variável em cada indivíduo. Mais informações em:

http://www.jornaldepneumologia.com.br/pdf/suple_124_40_dpoc_completo_finalimpresso.pdf

Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar