Bolsonaro se revolta com publicação de Haddad e volta a atacar o PT

Jair Bolsonaro mostrou irritação com Fernando Haddad no início da tarde deste sábado (5). Pelo Twitter, o presidente atacou o ex-prefeito de São Paulo e o Partido dos Trabalhadores (PT). É que Haddad compartilhou, na sexta (4) e no mesmo microblog, um artigo do jornalista alemão Philipp Lichterbeck, publicado na versão brasileira do site da … Leia Mais


Toffoli derruba decisão que mandou soltar presos condenados em 2ª instância

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, derrubou nesta quarta-feira (19) a decisão do ministro Marco Aurélio Mello sobre presos condenados em segunda instância. Mais cedo, nesta quarta, Marco Aurélio mandou soltar todas as pessoas que estivessem presas por terem sido condenadas pela segunda instância da Justiça. Diante disso, a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, recorreu ao Supremo, e Toffoli, de … Leia Mais



Bolsonaro: Prefeitos demitiram outros médicos para contratar cubanos

O presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), afirmou neste domingo (18) que alguns prefeitos demitiram médicos para contratar cubanos e “ficarem livres da responsabilidade”. Ele não citou quais prefeituras teriam feito isso. “Tem prefeitura que simplesmente mandou embora o seu médico para pegar o cubano, quer ficar livre da responsabilidade. A convocação é só em situações extraordinárias”, … Leia Mais


Governo decide que ensino religioso deve voltar a compor Base Nacional Curricular

O Ministério da Educação decidiu reincorporar o ensino religioso na Base Nacional Comum Curricular (BNCC). A disciplina havia sido retirada da última versão da BNCC referente à educação infantil e ao ensino fundamental. De acordo com o jornal O Globo, uma decisão recente do Supremo Tribunal Federal, que considerou constitucional a oferta da disciplina nas … Leia Mais


Sergio Moro pode ser candidato a presidente em 2022, diz coluna


O juiz federal Sergio Moro pode ser o candidato à sucessão de Jair Bolsonaro a presidente da República, de acordo com a coluna de Mônica Bergamo, do jornal Folha de S. Paulo.

Bolsonaro tem repetido que não concorrerá a um segundo mandato. A ideia já circula entre integrantes do núcleo duro da equipe do capitão reformado.

A atitude de Moro, que deve deixar a carreira, tem sido questionada por críticos dele e por integrantes do PT.

BN


Vox Populi torna a mostrar números diferentes em pesquisa


A nova rodada da pesquisa CUT/Vox Populi aponta crescimento das intenções de voto no candidato Fernando Haddad (PT) e queda de Jair Bolsonaro (PSL). Na simulação estimulada, quando o entrevistador apresenta os nomes dos candidatos, Bolsonaro aparece com 44% das intenções de votos contra 39% de Haddad.

A diferença entre os dois candidatos caiu para 5%. Se for considerada a margem de erro da pesquisa, que é de 2,2%, a diferença entre as intenções de voto em Haddad e Bolsonaro pode chegar a 1 ponto percentual (2,2% a menos para Bolsonaro e 2,2% a mais para Haddad).

A pesquisa mostra também que 17% dos eleitores ainda estão indecisos. Desse total, 12% disseram que não vão votar em ninguém, vão votar em branco ou anular os votos. Outros 5% não sabem ou não quiseram responder. Os percentuais são iguais aos da pesquisa anterior.

Os percentuais de votos válidos, excluídos os brancos, nulos, ninguém ou não sabem ou não responderam, também são idênticos aos da pesquisa anterior: 53% para Bolsonaro e 47% para Haddad.

A simulação espontânea, quando o entrevistador apenas pergunta em quem o eleitor vai votar, aponta Bolsonaro com 43% das intenções de votos contra 37% de Haddad, os mesmos percentuais do levantamento realizado nos dias 16 e 17.

Neste cenário, 13% disseram que não votarão em ninguém, votarão em branco ou anularão o voto e 7% não sabem ou não responderam. Na pesquisa anterior, os percentuais eram de 12% e 8%, respectivamente.

Bocãonews


“Vagabundos! Sem mentir o PT não existe”, diz Bolsonaro após polícia apontar automutilação em jovem


O presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) emitiu um posicionamento por meio do Twitter, após a Polícia Civil do Rio Grande do Sul divulgar que a jovem que contou ter sido jovem que afirmou ter sido mutilada e agredida por três homens por usar uma mochila com um adesivo com a bandeira LGBT e os dizeres “ele não” teria se autolimitado.

“Quem espalha notícias falsas? Canalhas! Vagabundos! Sem mentir o PT não existe! Vão cobrar resposta sobre mais essa atitude suja ou fingir que nada aconteceu? Chamaram nossos apoiadores, homens, mulheres, idosos, pessoas de família, de nazistas a semana inteira e vai ficar por isso mesmo?”, escreveu o parlamentar.

O laudo técnico da Polícia Civil conclui que “pode se afirmar com convicção que as lesões produzidas na vítima não são compatíveis com as que seriam esperadas, na hipótese de ter havido efetiva resistência da parte dela à ação de um agente agressor”.

Logo após o primeiro turno das eleições, a jovem de 19 anos, moradora de Porto Alegre, registrou boletim de ocorrência na Polícia Civil por lesão corporal, no dia 8. De acordo com a versão contada à época pela jovem, após diversas ofensas e ameaças, um trio a rendeu e marcou o corpo dela com o símbolo nazista. Quatro dias depois, ela teria desistido da ação “por questões emocionais”.

Bocãonews


Bolsonaro segue na liderança em pesquisa da Crusoé/Paraná


O instituto Paraná Pequisas acaba de divulgar levantamento para presidente da república neste segundo turno, Bolsonaro lidera com 60,9%, Haddad 39,1%, dos votos validos.

A pesquisa é a segunda realizada pela Crusoé, e mostram números consolidados do cândido do PSL, 2080 pessoas foram ouvidas, em todo o território nacional.

A margem de erro é de 2 ponto para mais ou para menos, o nível de confiança é de 95%, e está registrada no Tribunal Superior Eleitoral.

Nesta semana BTG Pactual e Ibope, divulgaram pesquisas apontando Bolsonaro com 59% e Haddad com 41%.

O Antagonista


Cid Gomes ataca de novo: Boa parte da companheirada aí já deu por perdido o segundo turno


Depois de Fernando Haddad dizer que espera seu apoio até domingo, Cid Gomes declarou ao Estadão que parte do PT já deu por perdido o segundo turno e está “se lixando” para o poste de Lula.

Para o irmão de Ciro, senador eleito, a “companheirada” só está pensando em garantir a hegemonia na oposição a um futuro governo de Jair Bolsonaro.

“Eles [petistas] querem ser hegemônicos inclusive na oposição. Boa parte da companheirada aí já deu por perdido [o segundo turno] e está pensando nisso, em ser hegemônico na oposição. Estão se lixando para o Haddad”, afirmou Cid.

“São incapazes de um gesto de grandeza, mesmo que isso seja permitir uma oportunidade para o jovem, talentoso, inteligente, preparado que é o Fernando Haddad. Eu acho que isso [gesto de autocrítica] tem que partir de quem está no comando do PT”, acrescentou.

O antagonista