Política

Wagner revela que Rui suspendeu férias no exterior por causa das enchentes e cutuca Neto: ‘Não apareceu’

Entre os comentários das idas e não idas de políticos para prestarem assistência ao povo baiano vítima das fortes enchentes no Sul do Estado no fim do ano passado, o senador Jaques Wagner (PT), em conversa com o BNews, fez uma revelação. O petista confirmou que o governador da Bahia, Rui Costa (PT), suspendeu as férias com a família. Seria uma viagem para Portugal. O petista, pré-candidato ao Palácio de Ondina no pleito deste ano, aproveitou o ensejo do bate-papo para cutucar o ex-prefeito ACM Neto, futuro rival nas urnas, mas sem citar o nome.

“Eu como sou oposição a ele minha avaliação sempre será contaminada, mas acho que o povo pode avaliar duas atitudes que são diferente completamente: uma o governador merecidamente estava com férias marcadas, quinze dias de uma viagem com toda a família para Portugal, mais do que merecido por tanto trabalho que ele tem feito. Hoje já está aqui, segunda-feira começando. Suspendeu tudo com eventual prejuízo pessoal para ficar. O outro [ACM Neto] não apareceu. Então eu acho que quem tem que julgar é a população de Salvador, a população da Bahia, eu acho que a atitude foi muito ruim, mas eu preciso que o povo avalie”, afirmou, em entrevista.

Em uma das aparições durante as enchentes, o ex-prefeito de Salvador, em vídeo divulgado pelas redes sociais, defendeu a criação de um auxílio para as famílias atingidas pelas consequências das fortes chuvas no sul da Bahia. O pré-candidato ao governo do Estado citou como exemplo o auxílio de até três salários mínimos, distribuído por ele quando atuava como prefeito, para beneficiar as famílias que também sofreram com fortes chuvas na cidade. “Nesse momento é fundamental que todas as autoridades possam dar as mãos e deixem qualquer tipo de diferença de lado para ajudar essas pessoas”, defendeu.

Bnews

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo