Sem categoria

Wagner acredita que fim da greve dos professores pode acontecer na próxima sexta

Como parte do processo de intermediação para o fim da greve do movimento grevista dos professores da rede estadual, o governador Jaques Wagner e os secretários Osvaldo Barreto (Educação) e Manoel Vitório (Administração) se reuniram com o procurador-geral do Ministério Público do Estado (MPE), Wellington Lima, nesta quarta-feira (11), na sede do MPE. Ao sair do encontro, o chefe do Executivo baiano se mostrou confiante em um acordo e espera o desfecho da greve ainda nesta sexta-feira (13). “O espírito de todos aqui, inclusive o meu, é de encontrar uma solução que seja referendada na sexta-feira. Eu mostrei ao Ministério Público todos os números como foi entregue também para eles (professores) apontando realmente que a situação fiscal do Estado é apertada, mas que há boa vontade como sempre houve”, disse o governador. “Eu estou com o espírito de conciliador. Óbvio, tenho que conciliar dentro dos limites, não posso transigir com a minha obrigação de gerir o estado com minha responsabilidade fiscal. Meu objetivo primeiro, maior e único, é o retorno às aulas”, argumentou o petista, ao ser questionado sobre o fato de os docentes pedirem a revogação de punições e dos cortes de salários. Na reunião, a administração estadual apresentou o detalhamento da proposta feita aos professores, quando foram explicados os detalhes do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação (Fundeb), sobre a Lei de Responsabilidade Fiscal e informações técnicas sobre o orçamento. Outra reunião ficou marcada para esta quinta (12) entre representantes dos docentes, do governo, do MPE e do Tribunal de Justiça às 14h.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo