BrasilGeral

“Trágica coincidência”, diz Lira sobre desfile militar no dia da votação sobre voto impresso

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), definiu como “trágica coincidência” o desfile com tanques e armamentos acontecer em frente ao Palácio do Planalto na terça-feira (10), mesmo dia em que a Câmara vota a proposta sobre voto impresso.

“Eu encaro isso como uma trágica coincidência. Não é que eu apoie essa demonstração. É bem verdade que essa Operação Formosa acontece desde 1988 aqui em Goiás, então não é alguma coisa que foi inventada. Mas também nunca houve um desfile na Esplanada dos Ministérios, na frente Palácio do Planalto”, disse ao site O Antagonista nesta segunda-feira (9).

Comunicado divulgado pela Marinha diz que “um comboio com veículos blindados, armamentos e outros meios da Força de Fuzileiros da Esquadra, que partiu do Rio de Janeiro, passará por Brasília”. O destino final é o Campo de Instrução de Formosa (CIF), onde é feito anualmente, desde 1988, um grande treinamento da Marinha, a chamada Operação Formosa.

Porém, o anúncio sugere que o comboio passará em frente ao Palácio do Planalto, que fica na Praça dos Três Poderes, junto com o Congresso Nacional e o Supremo Tribunal Federal (STF).

“Eu quero acreditar que este movimento já estava programado. Só não é usual. Não sendo usual, em um país que está polarizado, isso dá cabimento para que se especule algum tipo de pressão”, completou Lira.

Bnews

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo