Cotidiano

Sputnik V é 78,6% eficaz com apenas uma dose em idosos, identifica estudo da Argentina

Estudos mostram que a vacina russa contra a Covid-19 Sputnik V tem 78,6% de eficácia para evitar novas infecções da Covid-19 após a aplicação de apenas 1 dose em idosos. Os dados foram levantados com base no uso da vacina na província de Buenos Aires, na Argentina.  Os resultados fazem parte de um estudo preliminar divulgado nesta quarta-feira (2) pelo governo argentino.

Os efeitos da vacinação foram acompanhados em mais de 180 mil pessoas entre dezembro de 2020 e março de 2021. Desse total, cerca de 40 mil foram vacinados. As informações são de reportagem do portal G1.

Os resultados, com a metodologia e dados completos ainda não foram publicados em revista científica.

“O estudo indica uma eficácia de 78,6% para evitar casos de Covid-19, de 84,7% para evitar as mortes e de 87,6% para reduzir hospitalizações em pessoas de 60 a 79 anos”, divulgou o governo de Buenos Aires através de uma nota à imprensa.

A matéria destaca que o estudo argentino foi o primeiro realizado fora da Rússia para identificar os resultados da estratégia Sputnik Light, que consiste na aplicação apenas da 1ª dose da vacina como uma forma de acelerar a imunização sem a necessidade de aplicar duas doses e garantir a eficácia da proteção.

Um levantamento anterior apontou 79,4% de eficácia neste formato de aplicação em pacientes russos, de acordo com o fundo.

Bahianoticias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo