Sem categoria

Sem aulas há três meses, estudantes pedem adiamento da 2ª fase da Ufba

Estudantes da rede estadual de ensino, que estão sem aulas há três meses por conta da greve dos professores, protocolarão nesta quarta-feira (11) um pedido de audiência na Universidade Federal da Bahia (Ufba) para pedir o adiamento da segunda fase das provas do vestibular. A solicitação, já aceita pela Universidade do Estado da Bahia (Uneb), que transferiu os exames para 13 e 14 de janeiro de 2013, também será feita para a Universidade Federal do Recôncavo (UFRB) e para as estaduais de Feira de Santana (Uefs) e Santa Cruz (Uesc). O líder secundarista Gilcimar Brito defendeu o adiamento do vestibular como forma de evitar maiores prejuízos aos alunos da rede estadual. Já o presidente do Sindicato das Escolas Particulares, Natálio Dantas, não vê vantagens na mudança. “Se a coisa fugiu de controle, não favorece a ninguém. Infelizmente, temos que obedecer regras”, declarou. A assessoria da Ufba informou que não é possível adiar as datas da primeira fase por conta da utilização das notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), mas promete analisar o pedido sobre a segunda etapa do vestibular. Informações do jornal Correio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo