Cotidiano

Rui escolhe Paulo Coutinho, ex-BOPE, para comandar PM no lugar de Anselmo Brandão

O governador Rui Costa anunciou nesta segunda-feira (11) a exoneração do coronel Anselmo Brandão como comandante-geral da Polícia Militar. O substituto é o também coronel Paulo José Reis de Azevedo Coutinho, que já comandou o Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE). Atualmente, Coutinho é comandante do Policiamento Regional da Capital (CPRC).

A nomeação do novo chefe da PM baiana será publicada no Diário Oficial desta terça-feira (12). A transmissão de comando está prevista para a quarta-feira (13).

“Quero agradecer toda dedicação, trabalho e empenho do coronel Anselmo, que comandou a PM nos últimos seis anos. E amanhã será publicado no Diário Oficial e na quarta-feira faremos a transmissão de posse no quartel na Cidade Baixa. Vamos seguir trabalhando firme pra perseguir e alcançar nossas metas e melhores indicadores cada dia na segurança pública”, disse Rui, em vídeo publicado nas redes sociais.

Além do BOPE, o coronel Paulo Coutinho já comandou o Batalhão de Polícia Choque e o Esquadrão de Motociclistas Águia; foi subcomandante do 14º Batalhão de Santo Antônio de Jesus e assistente militar do vice-governador da Bahia. Também atuou como comandante do 3º Pelotão da Companhia de Ronda Tática Móvel (Rotamo), foi chefe da Unidade Discente do Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças (CFAP) e também oficial de Guerra Química da Choque.

Mudanças na SSP

A mudança de comando na PM ocorre após reestruturação na Secretaria de Segurança Pública, dias após exoneração de Maurício Barbosa, alvo da Operação Faroeste, em dezembro do ano passado. O chefe da SSP desde o governo Jaques Wagner foi apontado pelo Ministério Público Federal (MPF) por envolvimento no esquema de venda de sentenças no Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA).

Em seu lugar foi nomeado o ex-juiz Ricardo César Mandarino. O Ex-delegado Hélio Jorge assumiu como subsecretário de Segurança Pública, e a delegada Heloisa Brito se tornou a primeira mulher a comandar a Polícia Civil.

Bahia.ba

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo