Cotidiano

Renan culpa Temer por crise no PMDB

RENAN CALHEIROSO presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), acusou nesta quarta-feira, 16, o vice-presidente e presidente do partido, Michel Temer, de ser o culpado por realizar uma reunião da Executiva Nacional da legenda para impedir a filiação de novos integrantes.

“O presidente Michel é o presidente do partido. Se alguém tem responsabilidade com relação a isso, é o presidente Michel”, criticou.

Para Renan, “um partido democrático, que não tem dono”, realizar reunião para proibir a entrada de deputados é um “retrocesso que deve estar fazendo o doutor Ulysses (Guimarães) tremer na cova”.

O presidente do Senado disse que o PMDB tem “muita culpa” com os problemas pelos quais o País passa. Segundo ele, quando foi chamado a coordenar o processo político da coalizão, “o PMDB se preocupou apenas com o RH”.

“Eu adverti sobre isso na oportunidade. O PMDB perdeu a oportunidade de qualificar sua participação no governo. O PMDB tem muita culpa, o governo tem culpa, claro, mas o PMDB tem muita culpa com o que está acontecendo”, afirmou.

Estadão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar