Slide

PT quer impedir imprensa de usar o termo “mensalão”

Cerca de 30 advogados do PT decidiram, em reunião nesta sexta-feira (3), em São Paulo, que tomarão “providências jurídicas”, para que seja utilizada a designação “Ação Penal 470”, quando se referir ao suposto pagamento de propina a parlamentares em troca de apoio político ao governo Lula. Os defensores querem proibir a imprensa de usar a palavra “mensalão”. O coordenador jurídico do PT, Marco Aurélio de Carvalho, disse que a palavra “mensalão” exprime juízo de valor pejorativo. Sua principal queixa é contra o uso feito pela TV Globo e pela Globo News, “que muitas vezes escrevem a palavra até em negrito”. E completa: “Uma concessão pública não deveria divulgar teses, apenas informações para o público”. A preocupação é com a repercussão do julgamento nas eleições. Primeiro tentarão resolver a situação com a mídia e, se não funcionar, entrarão na Justiça. Informações do Estadão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo