Cidades

Projeto de lei que proíbe venda de refrigerantes em escolas é aprovado pela CCJ

A Comissão de Constituição e Justiça da Câmara (CCJ) aprovou o projeto de lei que proíbe a venda de refrigerantes em escolas de ensino fundamental, do 1º ao 9º ano, na terça-feira (8). Agora, o projeto será votado no plenário da Câmara e, caso seja aprovado, segue para votação no Senado.

O projeto é de autoria do deputado Fábio Ramalho (PMDB-MG) e segundo o relator, Luiz Couto (PT-BA), veio em momento oportuno “tendo em vista os riscos relacionados ao excesso de consumo de bebidas açucaradas e o aumento dos casos de sobrepeso e de obesidade”.

Em justificativa ao projeto, Ramalho alega que a obesidade infantil vem aumentando no país e estudos provam que um dos maiores “vilões” são os alimentos muito energéticos e pouco nutritivos. “Estudos demonstram que uma das maiores fontes de gordura e açúcar na dieta infantil vem dos lanches escolares, que cada vez mais se reduzem a alimentos industrializados e pouco saudáveis, quando não nocivos à saúde,” alega.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo