Sem categoria

Professores batem parabéns pelos 100 dias de greve e oferecem bolo a Wagner; Pelegrino é atacado pela 1ª vez

No retorno ao saguão Deputado Nestor Duarte, na Assembleia Legislativa da Bahia, após a retirada do presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado da Bahia (APLB), Rui Oliveira – que espalhou o boato de uma suposta invasão do Batalhão de Choque, negada pela Polícia Militar –, os professores da rede estadual de ensino fizeram uma celebração aos 100 dias de greve, mantida na votação desta quarta-feira (18). Embora o centenário da paralisação seja completado nesta quinta (19), os docentes bateram “parabéns a você” e cortaram bolo. A primeira fatia foi dedicada por Nilzete Santana, mãe de um aluno do Colégio Estadual Rafael Serravale, ao governador Jaques Wagner.Inflamados, os docentes realizam ainda um ato contrário ao candidato do PT a prefeito de Salvador, Nelson Pelegrino. Dezenas de manifestantes circulam pela AL-BA com camisas estampadas com a frase “Eu não voto em traidor; PT nunca mais” seguida da foto do petista.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo