Sem categoria

PF aponta que 152 candidatos fraudaram exame da OAB

A Polícia Federal (PF) apresentou nesta quarta-feira (11) os resultados da Operação Tormenta que apurou fraudes em três exames da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) aplicados em 2009. A investigação revela que 152 candidatos tiveram acesso antecipado às respostas da prova e outros 1.076 “colaram” durante a avaliação. Os envolvidos no esquema respondem por formação de quadrilha, estelionato qualificado, receptação, corrupção ativa e passiva, entre outros crimes. Até o momento, 282 pessoas foram indiciadas, 62 servidores públicos foram e 18 pessoas tiveram os bens apreendidos. De acordo com a polícia, as fraudes são de autoria da mesma quadrilha que conseguiu acesso antecipado às provas de seis concursos públicos entre 1994 e 2009. Em nota, a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) disse que vai solicitar à Polícia Federal os resultados do inquérito e abrirá processos ético-disciplinares contra os suspeitos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo