Cidades

Pesquisa aponta impacto baixo do caso da mala de cocaína na imagem de Bolsonaro

Um levantamento do Instituto Paraná Pesquisas mostra que a prisão do militar da Aeronáutica com 39 quilos de cocaína no voo da Força Aérea Brasileira (FAB), na Espanha, não prejudicou a imagem presidencial.

Embora o caso tenha chegado ao conhecimento de 80,6% dos entrevistados, só 22,4% atribuíram responsabilidade ao presidente. Para 72,8%, Bolsonaro está limpo na história.

BN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo