Slide

OAS é condenada a indenizar União e Município de Goiânia em R$ 17 mi

A Construtora OAS Ltda. foi condenada pela 6ª Vara da Justiça Federal de Goiás a indenizar em mais de R$ 17 milhões o Município de Goiânia e a União por ter sido favorecida e beneficiada em contrato para a construção da Marginal Botafogo, na capital de Goiás, sem licitação. A indenização fixada corresponde ao valor integral que a empresa recebeu pelo contrato com o Departamento de Estradas de Rodagem do Município de Goiânia (Dermu). A ação contra a construtora foi movida pelo Ministério Público Federal em Goiás (MPF-GO), através do Núcleo de Combate à Corrupção. A ação buscou garantir o ressarcimento dos danos causados ao erário pela violação dos princípios da moralidade e da impessoalidade ao ser beneficiada com a contratação ilegal. O processo aponta também que o orçamento da obra foi “turbinado” com aditivos com valores superiores ao limite máximo legal. A obra passou por diversas modificações e ficou diferente do projeto que era previsto inicialmente.

Um Comentário

  1. Prezado(a) Sr(a):
    Busco contato com o Sr. CARLOS CESAR LUIZ BRANDÃO. Observei seu nome associado a empreendimentos da OAS.
    Ele se formou comigo no ginásio em 1960, em Agudos, SP.
    Tenho foto da formatura para compartilhar com ele. Por espero contar com ajuda de VV.SS. para encontrá-lo. Abradeço de antemão toda informação que vier. Abraço

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo