Cidades

Mulher é torturada e tem a cabeça raspada por traficantes do Engenho da Federação

Uma mulher foi torturada e teve a cabeça raspada por traficantes que integram o grupo Primeiro Comando da Lajinha (PCL), que é ligado ao Bonde do Maluco (BDM). A agressão ocorreu no bairro do Engenho Velho da Federação e foi comandada por um dos líderes da quadrilha, conhecido como Marvin. A fonte do Informe Baiano relatou que o caso aconteceu no final do mês de junho.

Os marginais ainda gravaram a crueldade no celular e compartilharam em grupos de WhatsApp. De acordo com o relato no vídeo, a jovem estava sendo punida porque teria “ficado” com um homem que mora em outra localidade.

“Cê podia pegar qualquer cara aqui na favela”, diz o traficante, que revela que a vítima, por pouco, não foi assassinada durante o São João, pois teria ameaçado chamar “os caras da Linha Verde” para atacá-los.

A mulher chega a implorar para que não seja morta e diz que tem uma filha para criar. “Eu só quero cuidar de minha filha, eu não fiz nada de errado, não”, afirma a vítima. Fonte: Informe Baiano

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo