COVID-19SlideVitória da Conquista

Morre Herzem Gusmão prefeito de Vitória da Conquista

Herzem ficou três meses internado.

O prefeito reeleito de Vitória da Conquista, Herzem Gusmão Pereira, 72 anos, morreu na noite desta quinta-feira (18), no Hospital Sírio Libanês em São Paulo, vítima de sequelas provocadas pelo novo coronavírus.

Gusmão testou positivo para covid-19, em 7 de dezembro de 2020, oito dias após o segundo turno das eleições, onde ele saiu vitorioso como 97.364 votos (54%).

Em 18 de dezembro o gestor deu entrada no Hospital Samur, apresentando dificuldade respiratória e com necessidade de uso de oxigênio, no dia 26, foi transferido a São Paulo para fazer o tratamento de reabilitação pulmonar, em 8 de janeiro tomou posse de forma virtual. Com a voz embargada o gestor fez o juramento e em seguida fez um breve pronunciamento “Agradecer a Deus e ao povo de Vitória da Conquista por esse mandato que nós vamos honrar. Agradecer à Câmara, cumprimentar o presidente Luis Carlos. Saudar os vereadores, os que retornaram e os estreantes e que Deus possa abençoar a todos vocês. Saudar a nossa vice-prefeita em exercício, Sheila Lemos. Muito obrigado e que Deus nos abençoe.” .

O prefeito da terceira maior cidade da Bahia permaneceu internado na Unidade de Terapia intensiva (UTI), até 14 de janeiro, quando seguiu se recuperando na semi-intensiva.

Em 7 de março, através do Instagram o prefeito declarou que voltaria para a UTI após recomendação médica.

Ex-fumante e diabético, Herzem apresentou complicações respiratória e precisou voltar a fazer uso de respirador e antibióticos potentes, ele já não estava com covid.

Jornalista, radialista e comentarista político, Herzem exerceu o cargo de deputado estadual pelo mesmo estado. Trabalhou durante décadas na Rádio Clube de Conquista e posteriormente na Rádio Brasil FM apresentando o seu programa diário Resenha Geral.

A vice-prefeita Sheila Lemos (DEM), tomou posse do cargo de prefeita em primeiro de janeiro de forma interina, com o falecimento do prefeito ela assume definitivamente o cargo até 31 de dezembro de 2024.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo