CidadesNotícias

Membros da mesma família são mortos em suposto ritual ligado à Lua Azul

bbx8vfidbrr7sad1e43s5kj0mUm triplo homicídio na Flórida está sendo investigado como “assassinato para ritual Wicca” relacionada ao fenômeno da Lua Azul, de acordo com a polícia dos Estados Unidos (EUA). As informações são do site “NBC News”.

As três vítimas, todas da mesma família, foram encontradas na última sexta-feira (31), disse o porta-voz do escritório do xerife do condado de Escambia, o Sargento Andrew Hobbes.

Veja mais

Andressa Urach teme sofrer ameaças de morte por conta da biografia

Fernanda Rodrigues anuncia segunda gravidez com foto da filha

Boato do lobisomem de Milagres cresce e Bené diz: “animal foi visto em Jiquiriçá”

“Parece que o crime está ligado a um tipo de matança para um ritual Wicca e possivelmente ligada à Lua Azul”, disse Hobbes à NBC News. A Lua Azul é o nome que a segunda lua cheia de um mesmo mês recebe.

Os corpos de Voncile Smith, de 77 anos, e seus dois filhos, Richard, de 49, e John, 47, foram descobertos quando um dos chefes do filho percebeu que ele não havia aparecido para trabalhar.
Voncile e John morreram vítimas de traumatismo craniano e tiveram suas gargantas cortadas, disse a polícia. Richard foi baleado no ouvido “enquanto entrava em casa” e também recebeu ferimentos na garganta, segundo Hobbes. A polícia acredita que um martelo foi usado para cometer os assassinatos. Não há provas de que um estranho tenha entrado na casa.

Quando questionado sobre por que há evidência de feitiçaria, Hobbes explica que “As lesões das vítimas, as posições dos corpos e também um dos familiares das vítimas praticava o ritual.”

As autoridades acreditam que o trio foi morto em algum momento após as 19h de terça-feira. A polícia mantém as investigações.
“É assustador pensar nisso. Especialmente quando você tem filhos pequenos”, disse o vizinho Ken Lester. “Descobrir esse culto satânico, feitiçaria, ou o que quer que seja, é perturbador.” As informações são do IG

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo