Sem categoria

Marcos Valério deve pelo menos R$ 83 milhões a bancos

Apontado como principal articulador do esquema do mensalão, Marcos Valério e seus ex-sócios devem pelo menos R$ 83 milhões aos bancos Rural e BMG, recursos supostamente utilizados para abastecer o PT e partidos aliados entre 2003 e 2004. Valério alega que pegou o empréstimo a pedido do PT e, para pagar a dívida, cobra R$ 100 milhões da legenda na Justiça. “Há uma responsabilidade de natureza civil do PT”, alegou o advogado Marcelo Leonardo. De acordo com a Procuradoria-Geral da República, em 2003 e 2004 os dois bancos fizeram empréstimos de R$ 64 milhões ao PT e às empresas de Valério. O objetivo, segundo os procuradores, era ocultar a origem ilegal dos recursos do mensalão ao misturar os valores ao dinheiro público desviado de contratos das empresas de publicidade de Valério com o Banco do Brasil e a Câmara dos Deputados. O PT afirma que o dinheiro repassado a aliados para cobrir despesas eleitorais vieram exclusivamente dos empréstimos feitos nas instituições bancárias. O Banco Rural e o BMG alegam que os empréstimos são verdadeiros e por isso cobram a dívida na Justiça. Informações do jornal Folha de São Paulo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo