Cotidiano

Mãe é suspeita de matar o próprio filho de 11 anos em Fortaleza

Mãe afirma que tiro foi acidental ao manusear arma.

Uma mulher identificada por Elisabete Dourado da Silva foi presa, acusada de matar o próprio filho de 11 anos, Iarley Dourado, no bairro de Itaoca em Fortaleza.

A criança foi morta com um tiro na cabeça na manhã deste domingo (29), ela alega que o tiro foi acidental, e a arma foi comparada na feira da Parangaba há dois meses, por R$ 1,2 mil, segundo ela para se defender de uma rival.

Segundo a Divisão de Homicídio e Proteção a Pessoa – DHPP, Elisabete não possuía porte de arma.

A criança chegou a ser socorrida para o Hospital Dristrital Maria José Barroso de Oliveira, mas ao chegar à unidade foi constatada à morte cerebral. A polícia foi acionada por vizinhos e a mãe foi detida no hospital.

Após analise pericial foi contatado pela policia que existiam divergências entre a versão da mãe e a analise do perito. O inquérito foi instalado e o caso é investigado pelo DHPP. “Ela estava com sinais de quem havia bebido e consumido drogas e outras substâncias, então vamos aprofundar as investigações para apurar o que de fato ocorreu”, declarou a delegada Socorro Portela.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo