Cotidiano

Lula sugere que o PT questione a legitimidade de um governo Temer

LULA - DISCURSO - PAULISTAA recomendação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao Partido dos Trabalhadores (PT) é de que a legenda questione a legitimidade de um eventual governo de Michel Temer, criticando o fato de o vice-presidente estar montando um governo sem que a presidente Dilma Rousseff tenha sido afastada. A opinião do petista foi defendida em uma reunião com o comando do partido nesta terça-feira (19).
De acordo com a Folha de S. Paulo, o ex-presidente considerou que a campanha contra Temer deverá perdurar até 2018, quando ocorrerão novas eleições.
Desde já, Lula declara oposição a Temer. No entanto, o ex-presitende sugeriu que o movimento não seja agressivo para que o PT não seja responsabilizado na hipótese de um fracasso do governo peemedebista.
Leia mais
Dilma: “Eu tenho ânimo, força e coragem para enfrentar essa injustiça”
Bahia foi o estado que mais apoiou Dilma Rousseff em votação na Câmara
Acidente no Capão em Laje, tira a vida de jovem de 20 anos
Lula ainda afirmou que não teria coragem de propor a Dilma a antecipação das eleições. Ele desaconselhou o partido a propor a antecipação e disse que esse movimento cabe a Dilma.
A publicação também refere que o petista admitiu não ter assimilado a derrota sofrida no domingo (17), quando a Câmara dos Deputados aprovou a abertura de processo de impeachment da presidente Dilma.
Segundo a Folha, a organização do evento do PT confiscou o aparelho de celular dos participantes do encontro. A medida foi tomada para impedir que os petistas divulgassem o teor do debate ainda com a reunião em andamento.
Notícias ao Minuto
 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo