GeralSaúde

Lula defende ‘importação’ de médicos e provoca: ‘Elite tirou R$ 350 bi da Saúde’

MÉDICOO ex-presidente Lula saiu em defesa da presidente Dilma Rousseff nesta terça-feira (23) e, após evitar comentários sobre uma possível redução do número de ministérios, defendeu o Programa Mais Médicos, lançado pelo governo federal. O petista disse que o assunto estava “atravessado na sua garganta” e defendeu a contratação de médicos estrangeiros que queiram trabalhar no Brasil, medida prevista no programa. “Se os médicos brasileiros não querem trabalhar no sertão, que a gente traga outros médicos. Ninguém quer tirar emprego de ninguém”, declarou. O ex-presidente comentou ainda uma das reivindicações dos protestos de rua no Brasil, por mais recursos para a saúde. Ele lembrou que, durante seu governo, a oposição “conseguiu acabar com a CPMF [Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira]”, cuja arrecadação era destinada ao setor. “Nós sabemos, a Dilma sabe, que é preciso melhorar muito a saúde. Entretanto, é preciso lembrar que a elite brasileira tirou a CPMF. Isso significa, nos anos do meu mandato e do governo da Dilma, a retirada de mais de R$ 350 bilhões da saúde”, provocou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo