Notícias

Lucas Terra: ex-pastor condenado terá regime aberto

O ex-pastor Silvio Roberto Galiza, condenado a 18 anos de prisão pela morte do adolescente Lucas Terra, teve o pedido de progressão de regime semiaberto para aberto aceito pela Justiça. De acordo com nota publicada no Correio, a decisão foi tomada pela juíza Patrícia Sobral Lopes, da Vara de Execuções Penais de Lauro de Freitas, nesta sexta-feira (13). 

No regime aberto, Galiza permanecerá preso na Casa do Albergado e Egressos Geral de Salvador, na Mata Escura. De acordo com a Secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização (Seap), ele poderá sair durante o dia para trabalhar ou estudar, mas voltará à noite e não poderá sair durante os finais de semana. 

 O caso

Lucas Terra foi assassinado no ano de 2001. O jovem foi abusado sexualmente e queimado vivo aos 14 anos. O corpo dele foi encontrado dentro de uma caixa de madeira em um terreno baldio na avenida Vasco da Gama. 

Os réus são um ex-bispo e Galiza, que é ex-pastor da Igreja Universal do Reino de Deus. A autoria do crime é atribuída a Galiza, que acusa o ex-bispo e outro ex-pastor de participação no assassinato, mas os dois ainda não foram julgados.

Ele poderá sair da prisão durante o dia para trabalhar ou estudar, mas voltará à noite.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo