GeralPolítica

Jutahy defende a imprensa e diz que PT tem ódio à verdade

JUTAHYNesta quinta-feira, em discurso na tribuna da Câmara, o deputado federal Jutahy Júnior (PSDB) criticou a intenção do Partido dos Trabalhadores (PT) em tentar amordaçar a mídia brasileira com o eufemismo da “democratização dos meios de comunicação”. “O PT pretende dar o golpe fatal no principal baluarte de defesa de nossas instituições democráticas para, finalmente e definitivamente, aparelhar o Estado segundo sua torpe e atrasada doutrina ditatorial”, observa deputado. Jutahy Júnior lamenta que o Partido dos Trabalhadores continue insistindo no controle da imprensa, inclusive anunciando uma campanha nacional de coleta de assinaturas para a apresentação de projeto popular que defina um novo marco regulatório das comunicações. “O PT aponta sua artilharia contra os meios de comunicação de massa que não se rendem às suas teses totalitárias”, ressalta.

O parlamentar tucano lembrou que até mesmo o PMDB, maior aliado do governo, aprovou uma moção de “defesa intransigente da liberdade de imprensa”, numa demonstração inequívoca de que não são apenas as “elites” ou a “mídia oligopolizada e conservadora” que enxergam a intenção petista de censurar a imprensa. “Não podemos permitir que uma agremiação defenda o cerceamento da liberdade de imprensa”, declara o deputado federal Lúcio Vieira Lima, presidente do PMDB da Bahia. Para Jutahy Júnior, é precisa entender que o Brasil é muito mais importante no contexto mundial que os países que estão servindo de modelo para a tese ditatorial defendida pelos petistas. “Tudo isso é o ódio a verdade. É querer que o Brasil tenha apenas a verdade oficial do PT, e o exemplo mais claro é o ódio que o PT tem, e teve, da mídia corajosa e independente que nunca aceitou a versão oficial do mensalão”, concluiu o parlamentar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo