Bahia

JAC Motors interrompe planos de implantar fábrica na Bahia

Os planos da montadora chinesa JAC Motors de implantar uma fábrica em Camaçari, na Região Metropolitana de Salvador (RMS), estão interrompidos, de acordo com o presidente da empresa no Brasil, Sergio Habib. O motivo do recuo, segundo ele, é o alto custo do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) pago pela concessionária: 36,5%. Ele espera que o governo federal baixe o decreto que dará às montadoras o direito de importar automóveis com IPI reduzido. “O governo prometeu que baixará o decreto em agosto. Vamos esperar. Mas, sem as regras definidas, não temos como fazer a fábrica na Bahia nem aumentar a rede”, disse o presidente da empresa, em entrevista à Folha. A expectativa da JAC Motors é que o decreto promova uma redução do imposto para seus carros importados para 6,5%. A contrapartida seria a construção imediata da fábrica baiana, que começaria a produzir já em 2014. “É natural que uma montadora que tenha interesse em se instalar no país tenha o direito de trazer um certo volume de carros importados no início da operação. De outra forma, fica inviável entrar no Brasil”, justificou. Para o empresário, com o IPI alto para importados e o dólar a R$ 2, em breve “muitas revendas de carros importados não vão conseguir ficar abertas e pode haver muitas demissões”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo