Cotidiano

Ivete Sacramento é apontada como favorita para a vice de Bruno Reis, avaliam interlocutores de Neto

O nome da ex-secretária da Reparação, Ivete Sacramento, cresceu na bolsa de apostas para a vice do pré-candidato à prefeitura de Salvador, Bruno Reis (DEM). Se eleição fosse hoje, a ex-reitora da UNEB, filiada na surdina ao Republicanos, seria a escolhida para ocupar o posto.

O nome da professora, inclusive, já aparece à frente de Ana Paula Matos, ex-titular da Sempre e filiada ao PDT. Ela vinha sendo apresentada como opção a Leo Prates, que também era cotado para a vice, mas desistiu. Por ora, até para não tensionar a situação, o discurso oficial dos carlistas continuará sendo de que Geraldo Júnior (MDB) tem prioridade para a vaga. Os nomes de Irmão Lázaro e Manassés também estão em avaliação, mas a bola da vez está mesmo com Ivete.

 A própria ex-secretária da Reparação admite a possibilidade da dobradinha com Bruno, teve ampla repercussão positiva na avaliação de interlocutores da Prefeitura de Salvador. Ela também começa a ganhar projeção após a base do governador Rui Costa (PT) trazer a candidatura de duas mulheres negras: Major Denice Santiago (PT) e Olívia Santana (PCdoB). Com isso, as pautas do racismo e do feminismo deverão ser prioridades das campanhas. As duas devem utilizar o tema para tentar desconstruir Bruno, um homem branco.

Além de promover ações em defesa da igualdade racial, Ivete também tem influência dentro da comunidade LGBTQIA+, o que pode deixar a chapa mais palatável entre os eleitores de centro-esquerda. “Ivete começa a ganhar projeção por vários motivos. Hoje todo mundo sente falta da mulher e da representatividade da cor. O LGBT também sente isso. Isso faz crescer o apelo popular”, avalia uma fonte de dentro do Palácio Thomé de Souza, em condição de anonimato.

“Ana Paula já não é mais secretária, perdeu o holofote. Acho que Ivete ganha muito espaço. Primeira mulher negra a ser reitora de faculdade, instruída, implantou o plano de igualdade racial da Prefeitura…. Ela vem mantendo uma postura de ascendência para brigar”.

Nesta quarta-feira (15), o vereador Claudio Tinoco (DEM), integrante do grupo mais íntimo de ACM Neto (DEM), também fez elogios rasgados para Ivete em uma entrevista. “Particularmente, considero que a ex-secretária da Reparação, Ivete Sacramento, reúne algumas condições que, se eu fosse o candidato… E aí me permita dizer, acho que a escolha é de Bruno Reis. Quem tem que escolher o vice é Bruno Reis. Uma vez que nós aceitamos defendê-lo e marchamos com o prefeito ACM Neto e o candidato nosso é Bruno, cabe à ele escolher aquele que é o seu parceiro ou parceira. Ele que vai ser o representante”, declarou  ao programa “Direto Ao Ponto”, da Rádio 100. “Não sei se tem mais alguém além dela que foi do primeiro dia de nomeada até o dia que ela precisou sair para se desincompatibilizar. Então, ela tem total legitimidade para ser uma representante do legado de ACM Neto nesta chapa”.

A filiação na calada na noite de Ivete ao Republicanos também é outro motivo que levanta suspeitas sobre o favoritismo dela. A sigla tem feito pressão junto ao prefeito para conseguir a vice, já que foi preterida na última eleição municipal. A saber.

Bnews

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo