Bahia

Ibicoara: caminhada pela paz vira palanque político e acaba em agressão

No último domingo (29), foi realizado no município de Ibicoara, na região da Chapada Diamantina, um evento chamado “Caminhada pela Paz”. O ato supostamente não teria nenhuma ligação com campanhas políticas e convocou a participação de toda população e entidades religiosas da cidade. Contudo, a marcha transformou-se em palanque eleitoral ao chegar à sede da prefeitura. Munidos de microfones, integrantes da coligação “Amor por Ibicoara” – que utiliza a rádio comunitária do município como sede do comitê político, da onde partiu a caminhada – deflagram palavras de ordem contra a atual gestão pública municipal. A presença de um policial a paisana, que portava armamento enquanto consumia bebidas alcoólicas, também causou estranhamento à população, que começou a se retirar do local ao perceber que a caminhada não se tratava apenas de um movimento a favor da paz. Dias depois, os envolvidos com o evento e com a rádio comunitária foram protagonistas de um ato de violência. Ao solicitar que a via em frente à rádio comunitária fosse liberada, o morador Evaldo Botelho Braga foi atingido na cabeça por uma pedra e teve sua camisa rasgada. Moradores da região afirmam que a rua sempre é interditada quando há a realização do programa radiofônico “A Voz do Povo”. A vítima prestou queixa crime na Delegacia de Ibicoara. A agressão foi qualificada como Crime de Lesão Corporal devendo ser investigada pelo Delegado de Polícia local.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo