Cotidiano

Governo Doria quer vacinar crianças de 5 a 11 anos dentro de escolas

A gestão Doria (PSDB-SP) quer vacinar crianças de 5 a 11 anos dentro de escolas. O anúncio foi feito pelo secretário estadual da Saúde, Rossieli Soares, nesta terça-feira, 4. A ideia é também alcançar colégios particulares.

Conforme Soares, a iniciativa tem de ter a autorização dos pais. Alguns municípios paulistas, a exemplo da capital e Campinas, já aplicaram o imunizante nas escolas para o público adolescente, de 12 a 18 anos.

“Nós reorganizamos o nosso início do calendário para que os primeiros dias sejam de trabalho da escola, trabalhando com os próprios alunos a importância da vacinação e trabalhando com as famílias”, disse Rossieli, ao Estadão.

Ainda segundo o secretário, as escolas estaduais de São Paulo passarão a pedir a carteira de vacinação contra a covid-19 depois do ato, mas não vão proibir o acesso às aulas de quem não apresentar o documento.

“A carteira de vacinação já é exigida na matrícula. Vamos solicitar no momento devido. Mas não vamos proibir o aluno de ir à escola”, afirmou Rossieli, em entrevista ao jornal, ao criticar o Ministério da Saúde por suposta “demora”.

Isso porque o governo federal está em negociações com a Pfizer para adquirir mais vacinas pediátricas.

Revista Oeste

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo