Cotidiano

Gêmeos siameses mais velhos do mundo morrem aos 68 nos Estados Unidos

Ronnie e Donnie Galyon, os gêmeos siameses mais velhos do mundo, morreram no último sábado (4), aos 68 anos, em um centro de cuidados paliativos na cidade de Dayton, nos Estados Unidos. A família informou que a morte foi por causas naturais.

Os gêmeos Galyon nasceram unidos pelo abdomen, no ano de 1958, na cidade de Beavercreek, no estado de Ohio, nos EUA.

Reportagem do G1 destaca que em 2014 Ronnie e Donnie foram considerados os siameses mais velhos do mundo. Eles trabalharam em circos e paradas de rua como atrações, e desta forma sustentaram a família. Os irmãos se aposentaram em 1991.

Os siameses foram tema de um documentário exibido na TV norte-americana em 2010.

BN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar